• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • lgpd
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • WhatsApp Image 2022-09-26 at 120619
    • balcaovirtual
    • Cópia de mptrabalho.sp

    Transportadora é processada por jornadas extenuantes de motoristas de caminhão

    MPT pede R$ 500 mil em danos morais coletivos. Empresa presta serviços para a Ambev

    Barueri - O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Barueri processou em R$ 500 mil a Transportes Imediato Ltda em outubro por submeter trabalhadores ao excesso de jornada e também por dumping social (quando uma empresa obtém vantagem competitiva às custas dos direitos de seus empregados). A ação com pedido de liminar de urgência teve como base autos de infração de auditores fiscais do Trabalho da Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Osasco (SP) realizada em 2017.

    Imprimir

    MPT fecha acordo com Rumo Malha Paulista em processo por trabalho análogo à escravidão em ferrovia

    Além do pagamento de indenização por danos morais coletivos, o acordo prevê o cumprimento de diversas normas de proteção do meio ambiente do trabalho.

    Brasília – O Ministério Público do Trabalho (MPT) fechou acordo com a empresa ferroviária Rumo Malha Paulista S.A. e encerrou ação civil pública por condições degradantes de trabalho em São Paulo. A audiência de conciliação ocorreu na última quinta-feira (10), no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Além do pagamento de indenização por danos morais coletivos, o acordo prevê o cumprimento de diversas normas de proteção do meio ambiente do trabalho.

    Imprimir

    Desfile de coleção criada por transexuais e refugiados encerra etapa do projeto Faces e Sustentabilidade 2022, do MP

    São Paulo, 11 de novembro de 2022 - Um desfile de roupas confeccionadas por pessoas imigrantes refugiadas, transexuais e vítimas do tráfico de pessoas e do trabalho escravo fechou os trabalhos do projeto Faces e Sustentabilidade etapa 2022, reunindo alunas, alunos, apoiadores e um público eclético no palco da Agência São Paulo de Desenvolvimento na noite de 9/11.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos