Parceria MPT-SP e ONU levantará condições de trabalho de mulheres costureiras no Brasil

Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS), em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo e a ONU Mulheres, está conduzindo um estudo inédito sobre as condições de trabalho de mulheres na cadeia de moda.

Todo mundo conhece aquela costureira de confiança, que ajuda na hora do aperto - e, algumas vezes, faz peças com um caimento sem igual. É muito comum vermos as mulheres ocupadas na cadeia da moda, seja nas plantações de matéria-prima, trabalhando no varejo, como costureiras e artesãs. Mas quem são, de fato, essas mulheres? Como são suas condições de vida, trabalho e acesso a recursos tecnológicos?  Essas e outras perguntas serão respondidas por meio de um diagnóstico inédito, que está sendo conduzido pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo.

Imprimir

Burger King condenada por episódios de assédio moral

MPT em Mogi das Cruzes processou empresa em 2021

Mogi das Cruzes, 29 de abril de 2022 – A BK Brasil Operação e Assessoria e Restaurantes S.A foi condenada em R$ 50 mil em danos morais coletivos por permitir práticas de assédio moral contra empregados em sua unidade no Mogi Shopping. A sentença da 2ª Vara do Trabalho de Mogi Das Cruzes (SP) veio após ação civil pública movida contra a empresa pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em dezembro de 2021.

Imprimir